Nono Domingo depois de Pentecostes


Intróito

(Salmo 53. 6-7, 3)

E

is que Deus vem em meu auxílio. O Senhor é o protetor da minha vida. Fazei cair sobre os meus inimigos o mal que eles me querem e aniquilai-os com a vossa verdade, Vós, Senhor, que sois o meu protetor.
Sl. Senhor, salvai-me, pelo vosso nome, e livrai-me com o vosso poder. ℣. Glória ao Pai.

 Coleta 

A

bri, Senhor, ou ouvidos da vossa misericórdia às preces daqueles que Vos invocam e, para que lhes concedais o que Vos pedem, fazei que Vos peçam o que Vos apraz. Por Nosso Senhor.

 Epístola

(S. Paulo aos Coríntios I. 10. 6-13)

I

rmãos: Não cobicemos coisas más, como fizeram os nossos pais, no deserto. Não vos façais idólatras, como alguns deles de quem está escrito: O povo sentou-se a comer e a beber, e depois levantaram-se para se divertirem. Nem nos demos a impurezas, como alguns deles, de que morreram num dia vinte e três mil. Nem provoquemos o Senhor, como alguns dele O provocaram, vindo a ser vítimas das serpentes. Nem murmureis, como murmuraram alguns deles, vindo a ser vítimas do Anjo exterminador. Ora, todas estas coisas lhes aconteceram para exemplo, e foram escritas como ensinamento para nós, que chegamos ao fim dos tempos. Portanto, aquele que julga esta de pé firme, esteja atento, não caia. Ainda não suportastes nenhuma prova além das forças humanas. Deus, por seu lado, é fiel, e não permitirá que sejais tentados acima das vossas forças; ao contrário, até fará que tireis proveito da tentação, podendo-a agüentar.

 Gradual

(Salmo 8. 2)

C

omo o vosso nome é admirável, Senhor, em toda a Terra. ℣. Porque a vossa glória subiu até aos Céus

Aleluia

(Salmo 58. 2)

A

leluia, aleluia. ℣. Arrancai-me, Senhor, das mãos dos inimigos e livrai-me dos que se levantam contra mim. Aleluia.

Evangelho

(segundo S. Mateus 7. 15-21)

N

aquele tempo: Aproximando-se Jesus de Jerusalém, ao ver a cidade, chorou sobre ela, dizendo: Se ao menos neste dia, que te é dado, tu conhecesses ainda o que te pode trazer a paz. Agora, porém, isto está encoberto aos teus olhos. Sim. Virão para ti dias em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te apertarão por todos os lados; derribar-te-ão por terra, a ti e aos teus filhos, que estão dentro de ti, e não deixarão em ti pedra sobre pedra: porque não soubeste reconhecer o tempo em que foste visitada. Tendo entrado, em seguida, no Templo, começou a expulsar os que lá estavam a fazer vendas e compras dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração; vós, porém, fizestes dela uma caverna de ladrões. Depois, continuava a ensinar todos os dias no Templo.

Ofertório

(Salmo 18. 9-12)

O

s preceitos do Senhor são retos e alegram os corações. Os seus mandamentos são mais suaves que o mel puro dos favos. E o vosso servo guarda-os fielmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s